Quarta-feira, 6 de Setembro de 2006

Caso Mateus

Ai, “caso Mateus”, “caso Mateus”...
É que toda a gente fala sobre, mas quase ninguém sabe o que realmente se passa.
 
Tive uma sorte do camandro em encontrar o Mateus ao fim de um treino, a comer um corneto de chocolate e, como não quer a coisa, decido meter dois dedinhos d conversa “Ah! Ouvi dizer que por tua causa circula pelo país e até pelo estrangeiro um escandalozito (usei o diminutivo quando vi que ele já estava com a lágrima ao canto do olho)? Como eu estava à espera, a reacção dele não foi a melhor “Um escândalo?!!! Um escândalo é favor. Desde que me viram a tomar banho de boxers, desconfiaram logo. Já estou farto de lhes dizer que não tenho culpa, foi o que Deus me deu. E quanto ao Abel, e antes que levantem outro escândalo, ele é só um amigo.”
Confesso que depois destas palavras fiquei nitidamente confuso. Tive a necessidade de sacudir a cabeça três vezes. Minto. Sacudi, apenas, duas vezes, mas com muita força e intensidade e, portanto, valeram por três sacudidelas.
Compreendi depressa (até porque sou um rapagola inteligentíssimo) que o Mateus não tinha a percepção daquilo que se passava, disse-me apenas “Eu não percebo porque é que as pessoas falam tanto em mim. Deve ser por eu ser um tipo bonitão. Não sei se repararam naquela boina que eu usei na entrada para o autocarro. Ficava-me mesmo, mesmo ‘fashion’.” Juro que tive vontade de lhe dar dois tiros na perna, enquanto lhe chamava meia dúzia de nomes feios, mas rapidamente pensei em coisas alegres (os Ozone morreram) e tirei essa ideia amalucada da cabeça.
 
Dan Brown vai lançar um livro chamado “O código Mateus” e a figura de maior destaque, tomando o papel de “Mona Lisa” do seu anterior livro, é o presidente Fiúza e o seu respectivo penteado atabalhoado, abordando também a maneira destravada como fala.
 
Cláudio Ramos disse de sua justiça, na “Tertúlia cor-de-rosa” que uma “fulana não-sei--das-quantas” (confesso que não estive atento ao nome da senhora, mas era seguramente do jet7) usou a mesma toillette nos do mesmo fim-de-semana.
Só digo isto: e andam os jornais a fazer “manchetes” do Mateus. Estejam atentos senhores jornalistas...
 
Penso que estou mais ou menos de parabéns pelo facto de falar do “caso Mateus” sem saber nada ou, quase nada, sobre o assunto. Na verdade sou dos que fala sobre, mas pouco sabem sobre o que realmente se passa.
.
.
.
sinto-me: um bocado coiso
publicado por pacotesdeleite às 20:33
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De padeiradealjubarrota a 8 de Setembro de 2006 às 20:27
Boa!...Gostei!...E desopilei...
De mmfmatos a 10 de Setembro de 2006 às 19:06
Para terminar o fim-de-semana, só tu me farias rir. E por falar de Mateus, vai um copinho de Mateus Rosé?Um abraço
De Jose Estaline a 30 de Setembro de 2006 às 18:15
opa temos de ser solidários com o Sr. Mateus...afinal de contas o jovem vem pra Portugal pra ser continuo e pouco mais de um ano depois vê-se a dar nome a um "caso"!!e nós sabemos como são os casos neste belo país...ninguem ainda esqueceu o Sr. casa pia e do Sr. apito dourado(tirando os senhores da justiça)...de qualquer forma tou contigo Mateus!!
De EsCrAvO a 24 de Dezembro de 2006 às 13:45
wowwww
bem fikei de boca aberta mt bem ta exelente

parabens sr Vml

abraço

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O poeta tarado

. Viagem de Finalistas: Llo...

. Come a papa, Coisinha, co...

. Adivinhação

. Amo-te camionista

. Desculpem o Bush, já!

. Carta

. Feliz Natal

. Vontade de ser passevite

. A minha vida mudou...

.arquivos

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Um sonho bom

. Conto quase para crianças

. TV de culto

. ...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds